Entre olhares.

                                                                      

Ela o olhou como se quisesse decifrar os segredos que habitavam em sua alma.
Ele a olhava fixadamente em busca de respostas, de alguma luz em seus olhos, mas eles nada mais tinham além de nuvens cinzas refletidas em lágrimas que insistiam em não cair.
Mas ele era insistentemente irresistível e não desviou seu olhar nem por um segundo de milésimo, abraçava o corpo dela sem ao menos tocá-la, apenas com seu olhar flamejado de sentimentos. E ela ficou fascinada com tamanha perseverança, afinal, nenhum homem jamais lhe desejou assim, sentiu-se instigada. E entregou-se ao olhar provocante daquele homem misterioso e pela primeira vez, depois de muitas primaveras sem flores, ela se deixou amar e amada ser.
“Até mesmo a menor e mais solitária das flores, tem o direito de desabrochar. .” 

                                                                   Samara Santos

19 comentários

  1. todas tem o direito de desabrochar..
    lindo texto

    ResponderExcluir
  2. ain que amavel, o amor é mesmo delicado que nem uma rosa...
    muito lindo!

    ResponderExcluir
  3. Adoreiii o Texto

    Vou voltar sempre aqui

    vc escreve muito bem.

    bjus

    “Até mesmo a menor e mais solitária das flores, tem o direito de desabrochar. .”

    ResponderExcluir
  4. Bom, primeiramente, parabéns pelo blog. Gostei bastante dele, to seguindo também, rs.
    Gostei muito do post, muito profundo e muito bonito, acho que demonstra exatamente o momento em que uma mulher se entrega a uma paixao, não?

    Enfim, voltarei sempre, to botando o teu blog como um dos parceiros do meu...
    Beijos, segue abaixo o link:

    www.dicheterruderer.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. que bom que ela se deixou levar né, senão ia ficar encalhada pra sempre huauahuhahua muito bom seu texto!

    ResponderExcluir
  6. Adoro os seus textos *O*
    Parece que as palavras saem tão fácil... Parabéns pelo blog mais uma vez rs

    --------------------------
    Convite
    Oi, estou te convidando para participar da promoção do meu blog: Clube Psicose - promoção!
    beijos =D

    ResponderExcluir
  7. lindo o texto *-*
    adoro o blog :D

    parabéns e sucesso.
    http://revistatudoteen.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Bom, ja nao me surpreendo mais com seus textos! Sao MA RA VI LHO SOS!
    Parabens minha parceira!

    ResponderExcluir
  9. TEXTOPS LINDOS E UMA LINDA ESCRITORA, AMEI O VISUAL, A DONA DO BLOG E SEUS TEXTOS NOTA MIL...

    ResponderExcluir
  10. Uauuu.. nossa.. nem sei o que dizer rsrs
    as fotos dos seus posts são lindas! e seu blog tb!
    parabens ;D

    kissus ;*

    ResponderExcluir
  11. Vamos fazer parceria!? peguei seu link Me ;D

    ResponderExcluir
  12. Acho que em 3 anos de blog estilo poesia eu não conseguiria escrever algo tão bom como isto.
    Gostei bastante da forma como você intensificou um simples olhar, muito bom ,

    ResponderExcluir
  13. Olha lá !

    Altas doses poéticas. Achei um barato, Samara!
    Mandou bem! Descrição interessante e poética para aqueles segundos de "entre olhares"!

    Continue escrevendo...até a próxima.

    ResponderExcluir
  14. De fato, esses momentos são únicos, e parecem durar uma eternidade.

    ResponderExcluir
  15. muito bom, parece clarice escrevendo... voltarei^^

    ResponderExcluir
  16. aah que lindo, o amor é mesmo capaz de fazer uma flor desabrochar.

    ResponderExcluir
  17. #CheckPoint: Só para dizer que passei por aqui!

    ResponderExcluir