Uma frieza árduamente conquistada...



Poxa Vida! Se cheguei até aqui, nesse padrão de frieza e desconfiança, foi por mérito e dedicação a mim mesma, foram anos repreendendo-me, anos de cautela e [/medo]. Se hoje não me encanto com olhares de desconhecidos, palavras disparadas a mim como balas perdidas, é porque temo não ter mais forças para possíveis decepções, e não pense que chegar a esse nível de frieza foi assim tão fácil, foi preciso uma minuciosa coragem para deixar de lado, os mais lindos sonhos já processados na mente de uma pessoa, deixar de lado, a garota ingênua e delicada, a essência, a base, por já não aguentar as dores e despedidas. Mas ai vem esse fulano, chamado destino, quase  imperceptível e me traz você, que direito ele acha que tem? E toda a dedicação imposta até aqui, todas as teses e paradigmas construídos? E a minha frieza tão arduamente conquistada, em que buraco enterro? E você? porque tinha que ser tão encantador na sua mais simples forma de ser? Querendo me fazer feliz, veja se pode? Creio que já não valha mais apena lutar contra tudo isso, quando quem justamente eu mais tentei educar em toda essa história, já não quer mais ser controlado, quer voltar a ser livre e aprender a amar, com esperanças de que amado seja, o meu coração, sente falta de amor, daquele amor que um dia o repreendi de sentir, daquele amor que um dia o omiti, mas isso não importa mais. É meu coração que você quer? de verdade? então leva, leva e não devolve!  mas porfavor, cuida bem dele, já o maltratei demais.

                                                                     Samara Santos

3 comentários

  1. Olá, tudo bom?
    Vi seu blog na comunidade "Blog-Blogspot & Wordpress" e achei muito interessante.
    Comecei um blog tbm, se puder e não for pedir muito, de uma passadinha no meu?

    http://cabecafeminina.blogspot.com/

    Muuito obrigada e parabéns pelo blog!!!!

    ResponderExcluir
  2. Que belo texto"
    Tão... tão... tudo!
    Eu tbm já me proibir de
    me apaixonar, é estúpido isso!
    Bjws"][
    "(*_*)"


    http://nostudinhos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Muito Lindo, *-*
    muito tocante essse texto.
    Já reprimi um amor também, mas não teve jeito, depois ele voltou.

    Beijo :)

    ResponderExcluir