Teu abraço




Eu tenho uma admiração toda boba pelo jeito como você trata o próximo, com uma atenção ímpar, sempre com muita boa vontade em ajudar e isso me encanta. Você guarda seus problemas em um lugarzinho qualquer no peito e abre espaço para a dor do outro. Com um sorriso brando, branco e feliz. De graça. Eu me atrevo a arriscar que é esse o seu papel nessa vida, o de acolher, o de afagar a dor de alguém que já não suporta sozinha a barra que é a vida vez em quando. O teu abraço é quente e solícito. Eu amo está dentro dele. Lá eu me perco, lá eu posso ser quem eu sou. Lá eu posso chorar toda a dor mundo. E você vai me abraçar mais forte. Como quem diz está tudo bem, eu estou aqui. Eu sempre estive.

Nenhum comentário

Postar um comentário